Retorno presencial: orientações para lidar com estudantes sem esquema vacinal regular contra covid-19

O início do semestre 2022.1, que retoma as atividades presenciais na UFBA como um todo, traz indagações, principalmente no que diz respeito às medidas de biossegurança contra a covid-19. A Apub, que tem acompanhado e defendido as condições de trabalho das professoras e professores na pandemia, agora se debruça sobre os desafios para uma retomada segura e para a garantia da saúde das/os docentes.

Nesse sentido, elaboramos orientações para as professoras e professores sobre como lidar com estudantes em suas turmas que não estejam vacinados contra covid-19 ou com ciclo vacinal incompleto, segundo as resoluções aprovadas pelo CONSUNI/UFBA. Confira:

O CONSUNI/UFBA determinou em 12/11/2021 que apenas pessoas com ciclo vacinal regular podem participar de atividades presenciais no semestre 2022.1 (Res. CONSUNI 07/2021, art. 2º, parágrafo 1º).

Além disso, mediante a proposição em colaboração com a Apub, acrescentou-se na sessão de 23/02/2022 dispositivo que autoriza o cancelamento da matrícula em componente curricular presencial de estudantes que não regularizarem a sua situação até que sejam decorridos 25% do semestre letivo (Res. CONSUNI 01/2022).

O controle da situação vacinal está sendo realizado pelos órgãos da unidade e da administração central. As listas de estudantes não vacinados foram disponibilizadas a docentes para dar acesso à informação e facilitar o fluxo de controle exercido pelos órgãos.

Saiba qual o procedimento para controle sanitário e o que fazer caso identifique estudantes não vacinados ou com esquema vacinal incompleto em sala de aula:

  1. O controle da situação vacinal regular deve ser feito pelos órgãos das unidades de ensino e administração central da UFBA;
  2. As informações sobre a situação vacinal de estudantes foram disponibilizadas aos docentes para facilitar o controle exercido pelos órgãos. É possível também consultar a situação vacinal de suas turmas no site vacina.ufba.br;
  3. Caso a/o docente identifique estudante(s) não vacinados ou com ciclo incompleto, orientamos a interromper/não ministrar a aula, notificando a Apub e evitando individualização do problema, confronto direto e indisposições;
  4. A Apub, então, irá notificar os órgãos da unidade, especialmente colegiado, assim como da administração central – como as reitorias de graduação e pós-graduação, que terão total apoio do sindicato para adotar as medidas necessárias.

Essas orientações também estão disponíveis para download aqui

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp