UNB fará consulta em urna

A Universidade de Brasília – UNB, conforme consta no seu regimento, fará consulta sobre a proposta do governo em urna.

Proposta da Direção da ADUnB:

Aceitação da proposta do governo com o condicionante, que se, dentro do prazo proposto de 180 dias, o Grupo de Trabalho, composto pelas entidades sindicais que assinarem o acordo e a Andifes, que tratará dos aposentados represados no nível de Adjunto 4, não definir um cronograma de equiparação da situação destes com os da ativa, ou não concluir quaisquer das suas outras demandas, como as relacionadas à progressão funcional, consideraremos o acordo como rompido, e deflagraremos novamente a greve.

Proposta do CLG:
Manter e fortalecer a greve; rejeitar a proposta do governo do dia 24 de julho; avançar nas negociações respaldados nos princípios da carreira; reafirmar a pauta da greve: estrutura de carreira do Andes-SN e melhoria das condições de trabalho; indicar ao CNG/Andes-SN a discussão de uma contraproposta que relativize o montante orçamentário e priorize os princípios de estrutura de carreira; e defender a participação dos comandos nacionais de greve da Fasubra e dos estudantes nas Mesas de Negociação com o governo. Leia mais…

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Close Menu