Rio+20: Sociedade quer mudanças no documento

Feito o rascunho do documento da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, chefes de Estado e Governo realizam mesas-redondas para discutir e negociar politicamente o texto final, que deve ser divulgado no encerramento da cúpula, nesta sexta-feira (22). A expectativa é de que apenas alguns itens sejam alterados ou incluídos.

Apesar de a presidente Dilma Rousseff comemorar a construção da primeira versão do documento, muita discussão foi gerada acerca do conteúdo. Para representantes de Organizações não governamentais, movimentos sociais e integrantes da sociedade civil, o rascunho, composto por 283 itens, foge dos temas polêmicos, pois exclui detalhes sobre repasses financeiros, a imposição de cifras, a criação do fundo para o desenvolvimento sustentável, especificações sobre economia verde e transferência de tecnologia limpa.

A esperança é de que, de fato, as sugestões da sociedade sejam acatadas e as mudanças necessárias sejam feitas. Ainda dá tempo, já que o texto pode ser modificado até o último momento das discussões, que terminam na sexta-feira (22).

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Close Menu