Projeto deve ter como foco o longo prazo

Na oficina do Grupo de Trabalho, realizada pelo  PROIFES em Brasília durante todo o dia 21/11 a parte da manhã foi reservada à apresentação do Governo (MEC e MPOG) e à tarde aos docentes das diversas instituições de ensino, ligadas à Federação.

A presidente da APUB, professora Sílvia Lúcia Ferreira, teve atuação de destaque e defendeu que os docentes novos possam se capacitar com políticas específicas e que garantam a liberação e bolsa. Segundo ela, o projeto de capacitação do governo deve assegurar isso.

Debate rico nas intervenções, a APUB baiana defendeu ainda a necessidade de se ter um projeto que não seja somente voltado até 2015, mas que tenha como foco o longo prazo, pois somente assim haverá condições para as novas universidades e institutos federais florescerem com sustentabilidade.

A dirigente da Bahia ressaltou na Oficina que a ampliação das antigas universidades, com a criação de campi pelo interior, exigem um acompanhamento sistemático, uma vez que aí também se localizam os novos docentes.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Close Menu