Professores em estágio probatório levam demandas à Apub

Na quarta-feira (23/10), professores em estágio probatório reuniram-se com a diretoria da Apub para levantar os problemas enfrentados e definir encaminhamentos. Em síntese, os relatos apontaram para: a sobrecarga de aulas e a necessidade de mobilização para que o Consuni defina 8 horas mínimas semanais em sala de aula; estabelecimento do número máximo de alunos por turma; necessidade de melhoria nas condições para os cursos noturnos; garantia do conforto térmico e acessibilidade nas salas de aula; necessidade de a Administração Central da UFBA realizar avaliações de insalubridade para corrigir desigualdade de tratamento entre professores no mesmo laboratório e funções. Além disso, reafirmaram a crítica ao Funpresp. Sobre este assunto, foi enfatizado que quem puder optar deve permanecer no sistema atual e os ingressantes após fevereiro de 2013 devem acompanhar de perto os debates e encaminhamentos do conjunto dos SPF e participar das mobilizações contra o Fundo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Close Menu