Professores da UnB decidem por fim da greve em Assembleia

Por Samara Neres

A greve dos professores da Associação dos Docentes da Universidade de Brasília (ADUnB) chegou ao fim na tarde desta sexta-feira (17) após Assembleia Extraordinária com os docentes. Com 130 votos favoráveis e 115 contra e, ainda, três abstenções a greve, que se iniciou em 21 de maio, chegou ao fim. O presidente da Associação, Rafael Morgado, informou que a partir desta segunda-feira, 20, as aulas voltarão normalmente. Com 142 votos favoráveis, os professores também decidiram manter a eleição para reitor prevista para quarta e quinta-feira da próxima semana.

Inicialmente, a assembleia deveria discutir a proposta da Comissão Organizadora da Consulta (COC) de se levar ao Conselho Universitário (Consuni) um pedido de adiamento das eleições, marcadas para a próxima semana, mas houve pedido de inclusão na pauta do final da greve, que acabou sendo aprovada. Em relação ao calendário de reposição de aulas, a Associação diz que cabe ao Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão (Cape) juntamente com a reitoria deliberarem pelas datas finais.

Rafael Morgado explica que tudo que foi tratado na assembleia foi original e nenhum encaminhamento foi tomado sem consentimento da base . ” A direção da ADUnB estava há um mês sem se posicionar em relação ao assunto. Estávamos indiferentes. Portanto, esta aprovação foi uma decisão soberana”, disse. Fonte: www.adunb.org.br

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Close Menu