Professor Joviniano Neto lança livro sobre Igrejas e ditadura militar na Bahia

Hoje (17), a partir das 18 horas, será lançado, o livro “Igrejas e Ditadura militar na Bahia” de autoria do professor aposentado da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFBA, Joviniano Neto. O evento acontece no CEAS – Centros de Estudos e Ação Social (Estrada de São Lázaro, Federação).

A obra a ampliação de um capitulo de relatório da Comissão Estadual da Verdade, coordenada pelo autor que é também presidente do Grupo Tortura Nunca Mais na Bahia. O relatório centrava-se nos ataques sofridos pelas igrejas que se mobilizaram pela Democracia e contra a tortura de presos políticos. O livro procura reconstituir esta história na Bahia e aborda temas como a avaliação dos governos dos arcebispos D. Eugênio Salles e D. Avelar Brandão Vilela; a atuação do CEAS e do Mosteiro de São Bento, denunciados pela repressão, como principais centros de contestação ao Regime na Bahia; o apoio das Igrejas aos perseguidos políticos e à campanha da Anistia; a vigilância e a fabricação de notícias falsas contra as Igrejas; os ataques às dioceses de Juazeiro, Paulo Afonso e Senhor do Bonfim; a luta, dentro das Igrejas Evangélicas, entre, de um lado, conservadores e fundamentalistas que apoiavam a Ditadura e, de outro, progressistas e ecumênicos que a combatiam.

“Formalmente é de minha autoria, mas procuro reconstituir uma História, constituída por tantos de nós no espaço da igreja e da sociedade civil, no enfrentamento da Ditadura Militar. História que pode contribuir para as lutas do presente.”, afirma Joviniano Neto.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Close Menu