Uma Palavra Final | Professor João Carlos Sales se despede do Reitorado da UFBA após oito anos

O Salão Nobre da Reitoria da UFBA foi entregue à comunidade acadêmica após o período de restauro no mesmo dia em que o professor João Carlos Sales se despediu da cadeira de Reitor. O auditório ficou lotado para celebrar esses dois importantes momentos que contou com a participação de docentes, técnicos administrativos, trabalhadores terceirizados, lideranças sindicais, estudantes, parlamentares, autoridades do governo e universitárias, além de representantes de diversos segmentos da sociedade.

A cerimônia foi marcada por agradecimentos, homenagens e emoção. Sales destacou que não seria possível registrar todos os agradecimentos necessários, mas fez questão de entregar um certificado especial, contendo 220 nomes de funcionários terceirizados que fizeram parte da reforma do Salão Nobre por 1 ano e 2 meses. “Foi fundamental a mobilização de todos. Este certificado é um registro incontestável da gratidão da universidade a esse conjunto de pessoas que fizeram parte dessa restauração. Celebramos juntos a Universidade Federal da Bahia”, comemorou.

Nelson José da Silva Fontes, coordenador de serviços, recebeu o certificado em nome de todos os funcionários como gesto de agradecimento do reitor. Sales destacou ainda os momentos difíceis vivenciados pela universidade ao longo dos anos, sobretudo, no atual governo: “A universidade é heterogênea e incomoda. Passou a incomodar mais ainda quando ela se enriqueceu pelo seu enegrecimento e políticas afirmativas. Em relação a tantas e tamanhas ameaças, a UFBA mostrou nesses anos sombrios que não tem apenas duração, ela vive e tem história”. afirmou , sendo aplaudido de pé pelos presentes.

Outro ponto alto da cerimonia foi a união do plenário a orquestra Madrigal da UFBA para cantar “Pra não dizer que não falei das flores”, composição de Geraldo Vandré.

Ao fazer uso da palavra o reitor recém-nomeado Paulo Miguez, destacou o papel de relevância de Sales durante a sua gestão e destacou as principais características do seu mandato. “No momento de sua despedida da cadeira de reitor, ressalto a luz solar que destacou a sua gestão.  Cuidadoso, paciente e com muita humildade, conduziu com coragem e altivez. Nós resistimos. Vencemos , venceremos ! Mas, os tempos sombrios ainda continuam a exigir de nós coragem e altivez.  Sua palavra final já se estende para além do dia de hoje. Eu, reitor eleito e, agora nomeado, agradeço sua confiança, o seu trabalho e vejo você como um grande arquiteto desse triunfo. Seguiremos juntos!  Viva a UFBA” , comemorou Paulo Miguez.

Ao final da cerimônia, houve distribuição gratuita do livro “A Palavra Final”, escrito pelo agora ex-reitor João Carlos Sales.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp