Ocupação da Câmara Municipal marca ato pela Constituinte em Salvador

Mudar o congresso, alterar as regras do jogo e convocar uma Constituinte Exclusiva para realizar no país reformas estruturais com amplo poder popular. Esta é a bandeira de luta do ato nacional realizado nesta quarta-feira (07/05) pelo país. Em Salvador, mais de 200 pessoas marcharam da Praça da Piedade à Câmara Municipal pela Constituinte Exclusiva e Soberana do Sistema Político. A ação contou com a participação do MST, CUT, Marcha Mundial das Mulheres, Levante Popular da Juventude, Juventude Revolução e diversas outras entidades e integrantes de movimentos sociais. Foi realizado escracho em frente ao Bradesco, como forma de denunciar o financiamento privado de campanha eleitoral, que coloca o poder econômico como força central da luta política no país. As pautas reivindicadas pelos setores populares convergem para uma transformação profunda e estrutural na sociedade brasileira: a reforma do Sistema Político, que, dada a atual configuração do Congresso Nacional, só pode ser obtida através de uma Constituinte Exclusiva e Soberana que debata o tema com uma ampla participação popular.

Por Plebiscito Popular Bahia

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Close Menu