Nota de homenagem ao professor Cid José Teixeira

Um grande historiador. Conhecia a história e sabia contar história, desde a colonização até a nomeação das ruas e becos de Salvador. Conseguiu traduzir às gerações de estudantes, e para ouvintes e leitores de rádios e jornais, a história da terra que ele amou. Se cada homem é uma árvore, esta que agora cai é uma das maiores de todas.
A Apub se despede do seu militante, filiado há mais de 40 anos.

Profundo conhecedor da historia do estado e da capital, sua contribuição está muito além dos livros e é famoso por ser um contador de causos e de grandes fatos que marcam a memória cultural do estado. Muito do conhecimento que acumulou também transmitiu oralmente para quem pudesse ouvir.

Ele foi professor de História na Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFBA e na Universidade Católica do Salvador (UCSal). Atuou no Instituto Geográfico e Histórico da Bahia, ocupou a cadeira de número 19 da Academia de Letras da Bahia, foi diretor da Fundação Gregório de Mattos e implantou o Serviço de Rádio Educação da Rádio Educativa da Bahia.

Além disso, publicou diversos livros, como “Bahia em Tempo de Província” (1986); “História do Petróleo na Bahia” (2001) e “Salvador: História Visual” (2001).

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp