Negociação com o Governo não avança

Na tarde desta segunda-feira (23) foi realizada mais uma mesa de negociação entre as entidades representativas dos docentes federais e os Ministérios do Planejamento e da Educação para discutir a proposta de reestruturação de carreira apresentada pelo governo.

O PROIFES esteve representado pelo presidente Eduardo Rolim Oliveira (Adufrgs-sindical), pelos 1º e 2 o tesoureiros Gil Vicente Reis de Figueiredo (Adufscar-Sindicato) e Marcelino Pequeno (Adufc-sindicato), pelo diretor de assuntos de EBTT Nilton Brandão (Sindiedutec) e pela diretora de aposentadoria, Silvia Lúcia (Apub-Sindicato). Também esteve à mesa a presidente da ADUFG-Sindicato, Rosana Borges, o 2º vice-presidente da Adufrgs-Sindicato, Lúcio Vieira e do presidente da APUFSC, Carlos Mussi, convidado do PROIFES-Federação.

O Secretário Sergio Mendonça pediu para que as entidades se posicionassem sobre a proposta do governo. Andes e Sinasefe relataram que suas assembléias rejeitaram a proposta e o PROIFES lamentou que o governo não deu resposta ao documento protocoladopela entidade no dia 18 de julho, onde estão apontados 15 pontos em relação aos quais é necessário avançar.

O governo disse que precisava processar as ponderações das entidades e marcou nova reunião para amanhã, dia 24, às 10h, sem, contudo, se pronunciar sobre as demandas apresentadas.

Por Mércia Menescal – Proifes Federação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Close Menu