Morre o arquiteto João Filgueiras Lima, o Lelé

Com pesar, a Apub comunica o falecimento do arquiteto João Filgueiras Lima, conhecido como Lelé. Ele será sepultado nesta quinta-feira (22/05), em Brasília.
.
“Como um dos maiores arquitetos do Brasil, Lelé foi um profissional exemplar, dedicando toda a sua vida, de forma abnegada, a constituir uma arquitetura social pelo viés da tecnologia e apuro estético, centrada na pré-fabricação.
Lucio Costa em seu livro “Registro de uma Vivência” assim o reconheceu:  “João Filgueiras Lima, técnico e artista, surgiu na hora certa: era o elemento que estava faltando para preencher grave lacuna no desenvolvimento da nossa arquitetura. Arquiteto de sensibilidade artística, inata mas fundamentalmente voltado para a nova tecnologia construtiva do pré-moldado, enfrenta e resolve de forma racional, econômica e com apurado teor arquitetônico os mais variados e complexos desafios que o mundo social moderno programa e impõe”.
Professor Honoris Causa da UFBA, Lelé, que se tornou baiano por voluntariado, desenvolveu aqui em Salvador, experiências fundamentais na sua procura por juntar arquitetura e tecnologia, a saber: A RENURB – Companhia de Renovação Urbana, a FAEC – Fabrica de Equipamentos Comunitários e o CTRS – Centro Tecnológico da Rede Sarah. Como produção daí derivadas destacam-se as passarelas urbanas, as escolas, os hospitais, entre outros. São experiências fundadoras e nas quais devemos nos inspirar. Lelé nos últimos tempos tentou nos deixar seu legado através da criação do seu Instituto Habitat Brasil, não conseguindo o merecido apoio institucional ou governamental para que aqui se implantasse um Centro de Arquitetura, Pesquisa e Formação Profissional”.
Trabalhos desenvolvidos no estado:
1997 – Tribunal Regional Eleitoral da Bahia
1995 – Sede do Tribunal de Contas da União (TCU) da Bahia
1988 – Recuperação do Centro Histórico de Salvador, Bahia
1988 – Hospital do Aparelho Locomotor Sarah Kubitschek de Salvador, Curitiba e São Luís do Maranhão
1986 – Mercado Municipal de Paripe, Bahia
1986 – Palácio Tomé de Sousa, sede da Prefeitura de Salvador, Bahia
1980 – Convento de Brotas, Bahia
1979 – Igreja dos Alagados, Bahia
1973 – Secretarias do Centro Administrativo da Bahia
Com informações do Portal UFBA
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Close Menu