Mamata? Governo edita portaria para que presidente e sua equipe recebam supersalários

🤯 O presidente da República e os membros de seu governo não querem tirar o Brasil da crise, querem se aproveitar do cargo para se dar bem.

Resolveram começar uma verdadeira mamata durante a pandemia, mesmo em meio ao recorde de desemprego (14,3 milhões de pessoas).

Em maio, o Ministério da Economia editou uma Portaria que retirou o teto constitucional (R$ 39,2 mil) para reservistas ou aposentados que exercem cargos ou funções de confiança no Estado.

💰 Agora, o presidente Bolsonaro poderá receber R$ 41.544,00. Já o vice-presidente Mourão terá R$ 24 mil a mais, chegando a inacreditáveis R$ 63.511,00. Muitos outros ministros e membros do governo receberão verdadeiras boladas.

Apadrinhados políticos também poderão receber pagamentos mensais acima do teto – fora os benefícios.

🚨 Segundo o Ministério da Economia, o impacto da Portaria será de R$ 181,3 milhões para 2021.

Já para a população em situação de fragilidade, o governo não garante um auxílio-emergencial digno. E ainda diz que é preciso aprovar a Reforma Administrativa (PEC 32/2020) para reduzir os serviços públicos.

👿 Mas, o que ele quer é penalizar ainda mais os servidores, que já sofrem com salários congelados, assédio moral crescente e outras ameaças.

Não acredite nas mentiras do governo (que só age em causa própria). Acredite no serviço público: ele é o futuro do Brasil!

Compartilhe no Facebook | no Instagram

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Close Menu