Em reunião com secretário de saúde, Comitê “Vacina no SUS Já” debate vacinação e abertura de novos leitos em Salvador

Após uma primeira audiência, realizada no dia 11 de fevereiro, com o secretário da Saúde de Salvador, Léo Prates, o Comitê Baiano Vacina no SUS JÁ! se reuniu novamente com o gestor, na última terça-feira (02/03), para tratar do planejamento de vacinação municipal. A atividade contou com a participação do presidente do Conselho Estadual de Saúde da Bahia, Ricardo Mendonça, e representantes da sociedade civil, entidades de saúde, universitárias, frentes sindicais e religiosas. As ações foram motivadas pelo agravamento dos números de contaminação e mortes no Brasil e na Bahia. A Apub foi representada pela vice-presidenta, professora Ana Lúcia Góes.

No encontro, foram discutidas novas alternativas para o enfrentamento da Covid-19 na capital, já que, segundo Prates, há uma certa resistência da população à testagem. “Muitas pessoas das comunidades não querem saber se estão com a Covid porque precisam trabalhar. É uma dificuldade social que a gente encontra”, afirmou o secretário. Atualmente, Salvador conta com 53 unidades básicas de saúde que realizam a testagem para diagnóstico da Covid-19, que é recomendada pelos especialistas após o surgimento dos primeiros sintomas.

Léo Prates também apresentou um panorama sobre a vacinação e abertura de novos leitos na capital. De acordo com ele, as negociações para obter os imunizantes avançam por quatro frentes: a primeira, em conjunto com o Governo do Estado; a segunda, com a Frente Nacional de Prefeitos; a terceira, com a farmacêutica AstraZeneca, da Índia; e a quarta, com a farmacêutica americana Pfizer. Em relação aos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), o secretário confirmou a criação de mais 20 no Hospital Salvador, 10 na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) dos Barris e outros 10 no hospital de campanha do Centro de Iniciação Esportiva (CIE) de Itapuã.

O Comitê Baiano Vacina no SUS JÁ!, que é um coletivo de entidades reunidas com o objetivo de ampliar o debate sobre a pandemia e monitorar as ações dos poderes públicos na definição de medidas para a imunização da população, pretende formular propostas para contribuir com o avanço do enfrentamento da atual situação epidemiológica do estado e do município.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Close Menu