Docentes do IMS, em Vitória da Conquista, deflagram greve por tempo indeterminado

Reunidos em Assembleia Geral na manhã de hoje (27), docentes do Instituto Multidisciplinar em Saúde da UFBA, campus Anísio Teixeira, em Vitória da Conquista, deflagraram greve por tempo indeterminado a partir do dia 29 de outubro (sábado). Foram 47 votos a favor e uma abstenção. O movimento é contra PEC 241 e por nenhum direito a menos.

WhatsApp Image 2016-10-27 at 10.47.17 WhatsApp Image 2016-10-27 at 10.47.25

A Assembleia foi convocada, inicialmente, para deliberar sobre a adesão à Greve Geral dos Trabalhadores, marcada para o dia 11 de novembro, entretanto, a pedido da plenária, foram incluídas na pauta a ocupação do campus, que está sendo realizada por estudantes desde o dia 24 de outubro, e as atividades dos docentes de encerramento do semestre. Durante as deliberações, foi encaminhada a proposta de deflagração imediata de greve, uma vez que a PEC 241 e demais medidas de retirada de direitos tramitam em ritmo acelerado.

Os/as docentes aprovaram, por unanimidade, o apoio à ocupação e participação nas suas atividades. Decidiram também que as aplicações de provas, lançamento de notas, apresentações de trabalhos de conclusão de curso e demais tarefas relacionadas ao encerramento do semestre ficarão suspensas. Foi marcada uma nova Assembleia para a próxima segunda-feira (31) para definir o calendário de mobilização e formar o Comando de Greve.

Os servidores técnico-administrativos do IMS também encontram-se em greve.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Close Menu