Apub Sindicato debate sobre o programa Mais Médicos

Diante da polêmica gerada em torno do Programa Mais Médicos, a Apub Sindicato vai realizar debate sobre o assunto. Será na quarta-feira (07/08), no auditório do Instituto de Saúde Coletiva da UFBA (ISC), às 17h. Os convidados para discorrer sobre o tema são: Jorge Solla (secretário estadual da Saúde), Jecé Brandão (conselheiro do Cremeb e membro do Conselho Federal de Medicina), Lorene Louise (diretora da FAMED UFBA) e  José Sestelo (pesquisador em Saúde Coletiva e membro da Associação Brasileira de Saúde Coletiva-ABRASCO e do Centro Brasileiro de Estudos de Saúde-CEBES). Como moderador, a entidade convidou o professor Jairnilson Paim (ISC UFBA).

O Programa

O Mais Médicos, lançado no dia 8 de julho último, além de prever a abertura de mais vagas e cursos nos próximos anos e a contratação de profissionais estrangeiros, traz questões relacionadas à formação médica. De acordo com as regras do programa, serão abertas 11,5 mil vagas de cursos de Medicina no país até 2017 e 12 mil vagas em especialização, até 2020.

Em relação à abertura de novos cursos, a partir de agora, o governo vai fazer um chamamento nas regiões prioritárias e a as universidades públicas e privadas terão de apresentar propostas. Uma vez aprovadas pelo MEC (Ministério da Educação), as instituições estão aptas a oferecer habilitação na área.

Entre as exigências, Residência em clínica geral, cirurgia, ginecologia/obstetrícia, pediatria e medicina da família e comunidade. Além disso, é necessário número de leitos disponíveis por aluno igual ou maior que cinco. Isso significa que o governo só vai autorizar onde houver campo de prática. A extensão de mais dois anos na universidade com estágio obrigatório pelo SUS, inicialmente prevista no Programa, foi derrubada.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Close Menu