Apub articula ações de apoio a atingidos e atingidas pelo rompimento da barragem do Quati, no interior da Bahia

Entre os dias 27 e 28 de julho, a Apub, representada pela presidenta Raquel Nery, esteve na cidade de Coronel João Sá (BA), um dos municípios atingidos pelo rompimento da barragem do Quati, ocorrido no município de Pedro Alexandre em 11 de julho. O objetivo da viagem foi prestar solidariedade às vítimas e apoio do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), que atua na região com uma brigada formada por oito militantes que acompanham a situação das famílias, organizam doações e mediam o diálogo com o poder público para garantir a devida reparação.

De acordo com os últimos dados da prefeitura de Coronel João Sá, cerca de 2 mil pessoas estão desalojadas e 80 imóveis foram danificados, sendo que 32 foram completamente demolidos. A Apub, em companhia do MAB, visitou dois alojamentos que abrigam famílias atingidas identificando a necessidade de, além sanar as carências materiais, fornecer apoio psicológico.

O sindicato já se movimenta nesse sentido e a expectativa é construir um grupo de trabalho reunindo docentes da UFBA e outras universidades, outros profissionais da saúde e órgãos públicos para atender a essa demanda de forma mais permanente. Além disso, inicia uma campanha de doações de itens de higiene pessoal, cuja necessidade é mais premente no momento. A sede do sindicato, na Rua Professor Aristides Novis, 44, Federação, será ponto de coleta, mas há expectativa de expandir para mais pontos dentro da UFBA. A professora Luciene Fernandes (ICS/UFBA), vice-presidente do PROIFES-Federação também esteve presente na viagem.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Close Menu