Ação 3,17%: Vitória da persistência em defesa dos direitos

A data 25 de outubro de 2021 foi um dia de celebração e conquista para docentes e para a Apub: teve início uma nova etapa do processo dos 3,17%, com a assinatura dos termos de acordo pelo primeiro grupo encaminhado pela Advocacia-Geral da União (AGU), priorizando sempre os mais idosos.  

Esse grupo incluía pessoas que receberiam via precatório ( acima de 60 salários mínimos), de acordo com os cálculos da Apub. No entanto, após o deságio e deduções – como, por exemplo, dos pagamentos administrativos que a Universidade já havia feito – grande parte passou a ser RPV. Mais de 40 substituídos do processo já assinaram nos dois primeiros dias em mutirão realizado na sede do sindicato, com a presença da atual diretoria, ex-presidentes e ex-diretores/as, representantes da comissão de aposentados, funcionários e também da advogada responsável pela ação.

Agora, a Apub aguarda o envio pela AGU dos cálculos dos demais grupos para convocá-los prontamente para a assinatura do acordo. Assim, se o/a docente ainda não foi contatado é porque o cálculo não foi remetido ao sindicato.

O sindicato e as professoras e professores, a maioria já aposentadas/os, vêm ao longo das últimas duas décadas lutando pelo direito à incorporação do percentual nas remunerações e proventos. Esse percentual é resultante da diferença entre o índice de reajuste aplicado em janeiro de 1995 (22,07%) e o legalmente devido (25,24%).

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp