Docentes dos Malês da UNILAB e Apub conversam sobre a situação do campus

Na tarde de ontem (16), a Apub esteve na UNILAB, em São Francisco do Conde, para conversar com as/os docentes sobre a situação de trabalho no campus dos Malês, as mobilizações e a conjuntura política do Brasil, com ênfase nos ataques às Universidades e aos serviços públicos em geral. Participaram cerca de 40 professoras/es, além do diretor Cláudio André de Souza, também professor dos Malês, e a diretora Marta Lícia de Jesus.

Após as discussões, foram encaminhadas uma série de propostas: em relação à luta pela melhoria do funcionamento das atividades no campus foram elencadas algumas medidas, como por exemplo a realização de Assembleias Geral com os setores da Universidade, planejamento pedagógico e de ações para os semestres seguintes e dossiê da situação do campus; no âmbito da ampliação das articulações, deliberou-se pela criação de uma comissão e um plano de mobilização para fomentar as ações, garantir a qualificação da relação com o sindicato, promover fóruns entre lideranças sindicais e das Universidades da Bahia, assim como encontros regulares entre as/os docentes dos Malês e ainda, a promoção de audiências públicas no parlamento em defesa da UNILAB e da publicação do seu estatuto.

Nesse bojo, serão elaborados uma série de documentos de denúncia, reivindicação e pressão com a finalidade de resolver, prioritariamente, as questões ligadas à infra-estrutura, segurança e condições de trabalho no campus Malês.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Close Menu