#18M: Apub e Sindivigilantes conversam com trabalhadoras/es da UFBA

A Apub esteve hoje, 18 de março, juntamente com o Sindicato dos Vigilantes, nas unidades da UFBA para conversar com as/os funcionárias/os terceirizados da UFBA e trabalhadoras/es informais como parte da agenda da Greve Nacional em defesa da Educação e dos serviços públicos (veja nota da Apub sobre as ações: https://bit.ly/3d9SrS1).
A diretora da Apub, Marta Lícia de Jesus, e o diretor do Sindivigilantes, Claudio dos Santos, falaram sobre o contexto político de desmonte das Universidades, dos serviços públicos e das políticas sociais pelo governo Bolsonaro; dialogaram ainda sobre a pandemia do coronavírus e as formas de contenção da proliferação do vírus, o qual levou ao cancelamento das manifestações de rua no dia de hoje. Durante as conversas, foram entregues frascos de álcool gel, fornecidos pela Apub, e panfletos abordando as motivações da Greve Nacional.

Após a ação, Marta ainda participou da Assembleia dos vigilantes e manifestou a solidariedade do sindicato a estes trabalhadores que estão em greve, há oito dias, para exigir das empresas reajuste salarial após dois anos seu aumento e respeito aos direitos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Close Menu